SNA_2020_capa_evento_facebook.png

APRESENTAÇÃO

00:00 / 02:46

A Faculdade de História do Campus Universitário de Bragança (FAHIST) da Universidade Federal do Pará tem a honra de tornar pública a exposição virtual “Arquivos do Pará: Reescritas da História”. O material expositivo, viabilizado pelo Laboratório de História e Patrimônio Cultural da Amazônia, pelo PRODOC-Projeto Preservação Documental e Organização dos Acervos Históricos das Comarcas de Bragança e de Ourém no Nordeste Paraense e pelo Grupo de Estudos e Pesquisas Interculturais Pará-Maranhão (GEIPAM), integra a programação da 4a. Semana Nacional de Arquivos.

Em um ano atípico, com instituições arquivísticas fechadas e atividades acadêmicas presenciais suspensas em virtude da pandemia de COVID-19, nossa programação exclusivamente virtual está organizada através de eixos temáticos coordenados por docentes da FAHIST e convidados. Os visitantes terão a oportunidade de conhecer os resultados dos projetos de pesquisa e extensão desenvolvidos em nossa unidade acadêmica por mim, Érico Silva Muniz, e pelos professores Magda Costa, Vanderlúcia Ponte, Maria Roseane Pinto, Marciléia Wanzeler e José Rondinelli, contando com a colaboração de dezenas de estudantes bolsistas e voluntários da graduação e pós-graduação.

Nosso percurso on-line fará com que visitantes conheçam um pouco sobre as memórias e histórias narradas através da pesquisa com acervos históricos. Viajaremos pela história da Amazônia Atlântica, pela fronteira entre o Pará e o Maranhão, trazendo elementos do poder e das sociabilidades através das fontes judiciárias, aspectos da história indígena e da política indigenista, dimensões da liberdade e das estratégias de resistência no tempo da escravidão e as dinâmicas da alimentação e da produção de alimentos sob a ótica da história.

Com esses eixos esperamos contribuir também com os debates provocados pelo tema desta edição da Semana Nacional de Arquivos “Empoderando a sociedade do conhecimento”. As pesquisas e estudos envolvidos nesta exposição colaboram para o conhecimento sobre a Amazônia em seus interiores, notadamente o nordeste paraense, empreendendo um esforço para a prática de reescritas da história que ultrapassem a concepção eurocentrada e atinjam as experiências das pessoas comuns que têm vivido e pensado este território.

Boa exposição!

 

Érico Silva Muniz

Diretor da Faculdade de História
Campus Universitário de Bragança/Universidade Federal do Pará

EIXOS TEMÁTICOS

Sala 01

História e Memoria do Poder Judiciário no Nordeste do Pará: entre poderes e sociabilidades .

Sala 02

R-existências, agências e conflitos entre os agentes do SPI e os Povos Indígenas na 2º Inspetoria Regional do Pará e Amapá

Sala 03

Escravidão, liberdade, cotidiano e resistências no interior da Amazônia

Sala 04

Os alimentos também contam histórias

Organização

Apoio

2020 - Página desenvolvida por LABHIST.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now